Prefeitura de Santa Isabel

ROTAS TURÍSTICAS

Rota 

Águas & Sabores

Santa Isabel possui uma área territorial de 363,3 Km², onde 82,7% está em área de Proteção aos Mananciais, ou seja, é um Município com vasta áreas com paisagens verdes, cachoeiras, represa e locais de trilhas.

Com pontos que nos levam a um desenvolvimento turístico, temos inserido neste contexto, propostas de criação das Rotas Turísticas, onde o turista ou o próprio munícipe terá como referência para conhecer e apreciar as riquezas existentes por toda a cidade.

Por este motivo, como marco inicial para criação destas Rotas Turísticas, foi desenvolvida a Rota Turística ÁGUAS & SABORES.

É a primeira rota homologada pelo conselho municipal de turismo, desenhada e articulada tendo como foco o turismo de lazer em família, baseado no pensamento de turismo de um e dois dias, tendo duas cachoeiras, trecho da estrada margeando a represa do Jaguari e sempre uma vista belíssima para serra.

A rota percorre duas estradas municipais totalizando um percurso de aproximadamente 20km, passando por pesqueiros, cachoeiras, restaurantes, hípicas, marina, pousadas, alambique, queijarias, entre outros.

A estrada do varadouro tem sua beleza especial, trajeto rural margeando a represa por quase toda sua extensão, entre curvas e morros os turistas descobrem uma nova vista deslumbrante, na estrada do monte negro em sua maior parte passando pelos espigões dos morros ganhando um tracejado de romantismo, para cada lado que se olhe uma visão nova da serra, a cada curva uma apaixonante descoberta.

As pessoas que abrem suas portas nesta rota transformam o roteiro em uma aconchegante visita, lembrando a receptividade da época colonial dão mais graça e deleite ao visitante. Uma troca de cultura, uma experiência nova a cada parada, um novo sabor, uma nova sensação.

Rota Turística Águas & Sabores, visite, descubra, viva.

 

Rota Bandeirante Fernão Dias

Fernão Dias (1608 – 1681) foi um célebre bandeirante paulista, nascido na Vila de São Paulo de Piratininga e casado com Maria Garcia Betinha, descendente do índio Tibiriça pelo lado materno e de um irmão de Pedro Álvares Cabral pelo lado paterno. Desbravou o sertão durante o século XVII em busca de riquezas minerais e mão de obra indígena para trabalhar em plantações de cana-de-açúcar tendo a Capitania de São Vicente patrocinado diversas dessas expedições para obter recursos e superar suas dificuldades financeiras. Fernão Dias prosperou com o sucesso de suas bandeiras, adquirindo muitas propriedades e escravos em São Paulo. Ficou conhecido como “caçador de esmeraldas”

A Rota Bandeirante Fernão Dias faz parte do programa estadual “Caminha São Paulo”, implementado em 2011 pela Secretária Estadual de Turismo de São Paulo, um programa turístico de caminhos intermunicipais e contemplativos de atrativos naturais, históricos e arquitetônicos, inspirados na trajetória de personagens que ajudaram a compor a rica cultura paulista.

A rota pedestre é composta por 13 municípios, resgata as expedições conhecidas como bandeiras, que desbravaram as matas do interior desta região, nos séculos XVI e XVII. Tais expedições tinham como objetivo a procura por riquezas minerais e ainda a busca por mão de obra indígena para utilizá-la nas lavouras de cana-de-açúcar, importante produto da economia paulista.

A rota é composta por duas alças, a primeira iniciando em Mairiporã, seguindo para Atibaia, Bragança Paulista, Tuiuti, Pinhalzinho, Pedra Bela, terminando em Vargem. A segunda alça inicia-se em Guarulhos, seguindo para Santa Isabel, Nazaré Paulista, Bom Jesus dos Perdões, Piracaia, Joanópolis chegando também em Vargem.

Todo o trajeto é sinalizado, por isso pode ser autoguiado. Cada cidade possui um pórtico eletrônico para registro da sua jornada através de um smartphone ou pelo cartão do caminhante, após completar duas rotas, já poderá imprimir um certificado na área exclusiva do aplicativo “Caminha SP”.

Localização dos pórticos da Rota Bandeirante Fernão Dias é encontrada no aplicativo “Caminha SP” ou pelo site www.rotabandeirante.com.br.

Em Santa Isabel o Totem com o QR code que certifica a passagem pela cidade encontra-se na Praça Fernando Lopes no Centro da cidade.

 

 

Compartilhar:
Share
Share